quarta-feira, 8 de abril de 2009

Dando de comer pra Suzie

Pessoal, estou devendo postagens por aqui.
Recentemente nossa pequena bebê-móvel está mais móvel do que nunca: andando e correndo pela casa. Agora, ninguém mais segura! Agora, sempre que vê a Suzie, ela corre pra ela e dá aquele abraço gostoso de bebê, e a Suzie fica lá, paradinha, linda, sendo abraçada. Claro que depois ela dá uma bitoquinha na Letícia, que cai na gargalhada.

Quanto a andar, ela não tem me dado mais trabalho, pelo contrário. O trabalho continua o mesmo. Ela geralmente fica perto de mim, na cozinha, ou na sala brincando e ouvindo os CDs de musiquinhas que ela mesma aperta o play (basta deixar o CD lá dentro que ela se vira depois).

Uma das muitas diversões da Letícia é a mais recente "dar comidinha pra Suzie" (vejam o vídeo). Ela vai lá, pega a ração e dá pra Suzie. Geralmente à noite, porque de manhã a Suzie come cedinho e, como só janta depois, só ganha mordomias à noite. Ontem chegou ao cúmulo de a Suzie ficar deitada no sofá enquanto a Letícia ia e vinha com os pellets de ração. Sempre rindo, se divertindo demais!

Olha, gente, por mais trabalho que me dê, todos os dias eu estou acabada, cansadona e tudo o mais, eu acho tudo isso o máximo. Tenho muita sorte de poder estar com as duas, educá-las, acompanhar o crescimento... enfim, maternar mesmo. Tenho meus momentos de reclamação, mas reclamo mais de cansaço, nunca da vida que tenho. Adoro demais meus três amores pra reclamar de qualquer outra coisa que não "nossa, como estou cansada hoje!". Mas é aquele cansaço feliz, de dever cumprido, e vou dormir (tarde) com a consciência tranquila de, naquele dia, ter dado o melhor de mim.
video

4 comentários:

  1. Olá Fúlvia, Suzie e Letícia!
    Por acaso achei seu blog, e estou adorando!
    Também tenho um cão (em apartamento) e escuto muita coisa chata, e penso em ter um filho no ano que vem. Meu filho canino é um basset hound de 1 ano, e mesmo sendo um docinho, tenho uma série de inseguranças com relação ao dia em que tiver um bebê aqui...
    Obrigada por compartilhar suas experiências, são muito importantes para que pessoas como eu se sintam mais seguras! E realmente, a encheção de saco das pessoas é o que há...
    Beijos para vocês!

    ResponderExcluir
  2. aaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhh.. meu Deusss!!! Q fofura, Fu!!!!! Suzie deve estar amando... tá levando vida de madame... esperando a ração confortavelmente enqto a maninha humana vai buscar pra ela....rs....rs....rs.... Muito fofa essas duas.. é a prova viva de q uma boa educação (seja humana, seja animal) torna tudo melhor e "mais fácil"... ?Parabéns!!

    ResponderExcluir
  3. Oi arbmontini!
    Que bom que gostou do blog! Foi meio que um incentivo de uma grande amiga, uma irmã mesmo. Tb curto muito fazê-lo.
    Uma coisa posso te dizer: é só fazer tudo certinho que os cães não sentem um pingo de ciúmes quando chegam os filhos. Hoje minhas meninas são unha e carne, brincam juntas, um amor. Não tenho do que reclamar.
    Claro, ouvimos muita besteira. Mas sempre digo que nossa melhor arma é a informação, o conhecimento. Quando vemos que não dá pra argumentar, melhor sair de perto (como eu faço).
    Sei basset deve ser lindo!
    Qualquer dúvida que você tiver, estou à disposição. Acredito que tenha vista a seção de perguntas, que acabo publicando aqui. Basta mandar um e-mail.
    Beijos pra vocês!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fati!!
    Pra vc ter uma idéia de como a Suzie ficou mal acostumada... risos. Na casa da minha mãe ela quase não comeu, ficava esperando a Letícia ir dar pra ela.
    Mas tem o outro lado: se a Suzie está com muita fome, ela come tudo sozinha... A Lê que fica falando "Não doida" e pega os pellets mesmo com a Su comendo. E dá pra ela. É engraçado quando ela não dá... huahuahua. A Suzie faz tudo quanto é truque pra Letícia hahahahaha. E ela acaba dando a tão desejada ração =P
    Ah sim, tenho que lavar a mão da Lê depois, fica um fedor de ração... eca
    Quanto à educação, não fui eu... elas são educadas por natureza =)

    ResponderExcluir