quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Au au não: é cachorro!

Alguns de vocês sabem que nós não falamos tatibitate com a Letícia. Portanto, falamos com ela normalmente, conversamos num tom de voz normal e falamos as coisas corretamente. Afinal, a Lê é um adulto verticalmente reduzido, apenas isso, entende tudo perfeitamente.

Prova disso é que nunca falamos "piu piu", "au au", "mi au" e tantas outras coisas que vemos os pais falando por aí. Sempre falamos o nome correto: passarinho, cachorro, gato. E ela fala corretamente e até fica olhando feio pra quem fala errado com ela. Outro dia uma senhora ficou insistindo em falar au au, mesmo eu explicando que era pra falar corretamente, que a Lê não sabe o que é au au. Aí a Lê virou pra senhora e falou assim: "a vovó não sabe falar cachorro". Huahuahuhauhua, a senhora nunca mais falou nada =P

Abaixo, algumas coisas que nossa pequena sabe falar. Vejam: ela não apenas fala "passarinho" e "cachorro", como sabe algumas espécies de aves e raças de cães. Fala a verdade: ela, nem tem dois anos e já sabe, então, pra que ensinar o jeito errado de falar? Na minha opinião, isso só atrapalha, porque a criança (acho) nem sabe o que estamos falando quando falamos certo (quando falam errado com a Lê, ela olha estranho, não entendo nadica de nada do que estão falando com ela).

video
Letícia falando as aves (ela errou só o "papagaio verde" e o "papagaio azul) - detalhe: eu não sei direito as aves dos desenhos, fui falando o que eu achei que eram, ok?


video
Letícia falando as raças de cães (bom, essas eu sei quais são, mas não é lindinho ver ela falando do jeitinho dela?)

6 comentários:

  1. Oi... estou gravida de 10 semanas e tenho uma poodle. Moro numa Kitnet, mas logo vamos mudar pra um ap maior. A Pituxa, minha filhota peluda, eh o bebe da casa, dorme comigo e meu namorado, muito manhosa. Culpa nossa q tratamos como gente! hehehe!!
    Adorei seu blog, li inteirinho... hehehe!!! Estava muito preocupada em como fazer com a chegada do bebe. Mas agora estou bem mais tranquila!

    Bjossss, Barbara Engers

    ResponderExcluir
  2. Ahhh... e estamos mandando beijos (eu) e lambeijokas (Pituxa) para a Suzie, Leticia e vc!!!! Familia muito linda!

    ResponderExcluir
  3. Oi Bárbara, que bom que tem gostado do blog e que ele esteja sendo útil pra vocês!

    Espero que as dicas que coloquei, pra adaptar o cachorro com a chegada do bebê, te ajudem.

    Beijos e lambeijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Que linda!
    Adorei como ela fala "gato siamêsss"... muito fofa!
    Aqui na Espanha, os adultos falam "uauá" para cachorro (acho que gato é miau tbem, nao tenho certeza), eu acho ridículo também falar assim com criança! Adorei a Letícia ter dito que a velhinha nao sabia falar "cachorro", só criança mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Ela fala tão bonitinho...!!
    Parabéns!!
    Beijinhos para as três!!!

    ResponderExcluir
  6. Q lindaaaa xD
    No finalzinho do segundo axei o máximo "Um gato siamês?!" Esperta essa menina!!
    =D
    Bjos
    *Muito legal seu blog!

    ResponderExcluir